VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

domingo, 21 de janeiro de 2018

Sebrae realizará oficina "Ganhe Mercado" no dia 31 de janeiro



O Posto Sebrae/SP de Atendimento ao Empreendedor de São Roque (PAE), vinculado ao Departamento de Desenvolvimento da Prefeitura, realiza na quarta-feira (31), a oficina “Ganhe Mercado”.

A oficina apresenta a importância da comunicação da pequena empresa com o mercado e que, para isso, é preciso enfrentar o receio de divulgar, seja por falta de recursos ou por acreditar que não existem ferramentas de comunicação disponíveis para o seu negócio. A oficina demonstra que existem sim alternativas de divulgação disponíveis e adequadas do produto, ponto, preço e promoção, de acordo com o público.

Oconteúdo da oficina vai abordar, introdução, o que é Marketing? O que é Mercado? Mix de Marketing, Ferramentas de Marketing e Plano de Marketing

Interessados devem entrar em contato pelo número de telefone (11) 4784-1383. As inscrições podem ser feitas até o dia 26 de janeiro, no próprio PAE, localizado na Rua Rui Barbosa, 693, Centro (primeiro prédio da entrada da Brasital).

Os dados necessários para a inscrição são: nome; CPF; RG; telefones; email; data de nascimento; endereço completo e CNPJ. O evento será realizado na sede da ACIA - Associação Comercial de São Roque das 17.00 às 21.00 horas. O número de vagas é limitado e a participação é gratuita, podendo participar 2 pessoas por CNPJ.

Serviço:

Oficina “Ganhe Mercado”

Dia: 31/01 - quarta-feira

Horário: 18.00 às 22.00 horas

Local: Associação Comercial de São Roque

Inscrições: até 26/01

Sebrae/São Roque – Rua Rui Barbosa, 693 (centro) - (primeiro prédio da entrada da Brasital)

Telefone: 4784-1383

Com quase 90% de cobertura, Departamento de Saúde continua vacinação contra a febre amarela em São Roque


Com quase 90% da população de São Roque imunizada, o Departamento de Saúde da Prefeitura, divulgou nesta sexta-feira (19), o cronograma para aplicação da vacina de 22 a 26 de janeiro.

O Centro de Saúde II, estará aplicando a vacina diariamente das 7.00 às 16.00 horas, sendo que serão distribuídas 200 senhas por ordem de chegada, o que significa que serão aplicadas diariamente 200 doses da vacina. As demais unidades de saúde estarão seguindo o seguinte cronograma: Vila Nova e Villagio Emilia, às terças-feiras, das 7.00 às 15.45 horas; São João Novo, Carmo e Saboó, às quartas-feiras, das 7.00 às 15.45 horas; Maylasky e Unidade Central, às quintas-feiras, das 7.00 às 15.45 horas; Goianã e Canguera, às sextas-feiras, das 7.00 às 15.45 horas.

Devido à grande procura de moradores das cidades vizinhas, a partir de 2ª. feira será necessário a apresentação de comprovante de residência ou de trabalho em nossa cidade para a aplicação vacina.

A vacina que agora é dose única, é recomendada para pessoas de 09 meses e não existe mais limite de idade, segundo nova orientação da Secretaria de Estado da Saúde.

A imunização não está indicada para gestantes, crianças com até 6 meses de idade, imunodepressão de qualquer natureza, HIV positivo com imunodepressão grave, tratamento com drogas imunodepressoras como corticoides, quimioterapia, radioterapia e imunobiológicos, transplantados, portadores de câncer, imunodeficiência primária, alergia prévia associada a componentes da vacina, doenças do tino e gestantes. Em caso de dúvida, é importante consultar o médico.

É imprescindível a apresentação da carteira de vacinação para as anotações que poderão ser utilizadas posteriormente para a emissão da carteira internacional de vacina, porém quem não tem a carteira poderá receber a dose da vacina normalmente.

Desde o ano passado foram encontrados e encaminhados para exames 27 macacos, sendo que 13 apresentaram resultados positivos para a febre amarela, 7 negativos e 7 aguardam resultados

Desde fevereiro de 2017 até a quinta-feira (18), foram vacinadas em São Roque 77.865 pessoas o que representa imunização de 88,98% da população.

Prefeitura divulga trajeto para o desfile de Blocos e Escolas de Samba do carnaval 2018



O prefeito Claudio Góes assinou no dia 05 de janeiro de 2018, o Decreto 8716, que define o itinerário a ser percorrido pelas escolas de samba e blocos de São Roque, no carnaval 2018.

As Escolas de Samba continuarão a desfilar na Av. Bandeirantes, mas o local de concentração para o desfile mudou, da Rua Profº Alino de Oliveira para o trecho reconstruído da Av. Marginal.

Já os blocos que desfilavam pelas ruas do centro da cidade, farão a concentração no mesmo local das escolas de samba e seguirão pela Av. Brasil em direção a Av. Bandeirantes, onde poderão desfilar e também fazer suas tradicionais paradas e evoluções.

A medida tem por objetivo evitar os acontecimentos ocorridos no ano passado na área central da cidade, onde foliões e Polícia Militar acabaram entrando em confronto, gerando assim, uma imagem negativa das festividades de momo em São Roque.

Os blocos poderão desfilar de 09 a 13 de fevereiro, não podendo passar das 23 horas, sendo que o desfile das escolas de samba acontecerá, na terça-feira, 13 de fevereiro.

Vereadores se reúnem com Prefeito Cláudio Góes na Câmara para discutir problemas do município



Nesta quarta-feira, dia 17, o Prefeito Cláudio Góes foi recebido na Câmara Municipal pelos vereadores Niltinho Bastos , Alexandre Pierroni, Cabo Jean, Etelvino Nogueira, José Luís, Julio Mariano, Marquinho Arruda, Maurinho Góes, Rafael Tanzi e Rafael Marreiro, para discutirem problemas do município em busca de soluções.

O Presidente da Câmara, Niltinho Bastos, conta que essas reuniões devem acontecer mensalmente, precedidas de uma reunião só com os vereadores na câmara para que sejam definidas as pautas que serão discutidas em seguida com o Prefeito.

Nesta oportunidade, também participaram o Chefe de Gabinete, Celso Mello da Silva e o Diretor Jurídico da Prefeitura, Rafael Bonino, e foram discutidos problemas relacionados ao transporte coletivo, a coleta de lixo e a crise financeira da Santa Casa, entre outros.

A iniciativa de aproximar os poderes Legislativo e Executivo, segundo o Presidente, tem o objetivo de unir forças e priorizar as soluções para os problemas enfrentados pelo município, sem que haja disputa de forças ou prevalecimento de interesses que não sejam os da população como um todo.

Creches retomam o funcionamento na segunda-feira 22 de janeiro


As 15 creches municipais, da Prefeitura da Estância Turística de São Roque, retornam às atividades nesta segunda-feira (22), segundo o Departamento de Educação.

Ao todo, a rede municipal de ensino registra 1600 meninos e meninas de 4 meses a 3 anos matriculados em creches. São quase 360 funcionários entre professores, auxiliares, merendeiras e serviçais e o horário de funcionamento de todas as unidades, é das 7 às 17 horas, de segunda a sexta-feira.

PAT divulga vagas de emprego em São Roque



O Posto de Atendimento ao Trabalhador de São Roque divulgou ao longo da semana diversas vagas de emprego em diferentes segmentos. A decisão das contratações é responsabilidade dos empregadores.

O preenchimento das vagas depende dos requisitos exigidos e os encaminhamentos são realizados de acordo com os perfis e níveis de escolaridade dos candidatos. As vagas podem ser preenchidas, canceladas ou alteradas diariamente.

Estão disponíveis vagas para: auxiliar administrativo (temporário), auxiliar de escritório (aprendiz), auxiliar de funilaria, caseiro (casal), farmacêutico, gerente de contas – pessoa jurídica, mecânico de automóveis e caminhão, programador de sistema de computação e subgerente de restaurante e vendedor de veículos (com CNH B).

Candidatos deverão levar: Cartão Cidadão (ou número do PIS), RG, CPF e Carteira de Trabalho. Os interessados devem comparecer na sede do PAT, localizada na Rua Rui Barbosa, nº 693, Centro. O atendimento acontece de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 16h, com distribuição de senha de atendimento até às 14h.

Produtor Rural: fique atento ao prazo de entrega da DIPAM-A


A Prefeitura da Estância Turística de São Roque, por meio da Divisão de Rendas, informa que o Produtor Rural já pode efetuar a entrega da Declaração para o Índice de Participação dos Municípios (DIPAM).

Todo produtor agropecuário que estiver inscrito no Cadastro de Contribuintes do ICMS e efetuou, em 2017, operações de venda de mercadorias para pessoas físicas não contribuintes, empresas estabelecidas em outro estado, outros produtores rurais ou exterior, deverá entregar a DIPAM A ao órgão estadual até 31 de março (Portaria CAT 36/2003), por meio do programa DIPAM A, disponibilizado no site www.fazenda.sp.gov.br/servicos/dipam.

Não há custo na entrega, apenas serão declarados os valores já registrados nas notas fiscais emitidas.

A Constituição Federal garante aos municípios o repasse de 25% do produto da arrecadação do ICMS. O Estado, ente arrecadador desse imposto, instituiu o Índice de Participação dos Municípios para efetuar o rateio desse percentual constitucional entre os municípios paulistas. Dessa forma, quanto mais riqueza gerada aqui, maior será o índice e, consequentemente, maior será o repasse de ICMS ao nosso município.

Portanto, a entrega da DIPAM A é importante, pois ela aumenta o Valor Adicionado, um dos fatores que compõem o Índice de Participação dos Municípios.

Dessa forma, a Prefeitura, no intuito de acompanhar este processo, a fim de evitar que a parcela desse imposto pertencente a São Roque seja destinada a outro município, solicita que os Produtores Rurais após efetuarem o envio da DIPAM A ao órgão estadual encaminhem cópia da declaração para o e-mail dipam@saoroque.sp.gov.br.

As Notas Fiscais emitidas em 2017 devem ser entregues no Sindicato Rural de São Roque, na Rua São Paulo, 131, Centro, de segunda a sexta das 9h às 12h e das 13h30 às 17h, para elaboração da DIPAM , caso não a façam por outro meio.

Continue colaborando com o seu município, não deixe de declarar, pois o aumento no índice representa mais recursos para a nossa cidade, os quais serão revertidos em benefícios para a população e você!

Mais informações: (11) 4784-8587, 4784-8514 4784-9656 e 4784-9658 – Flávia Carolina (Prefeitura de São Roque) ou (11) 4712-4102 e 4712-2396 – Marcos, Lucas ou Flávia (Sindicato Rural de São Roque).

quarta-feira, 17 de janeiro de 2018

Divisão de Trânsito realiza alterações no trevo do Jardim Villaça


Para proporcionar mais segurança aos motoristas e atender aos moradores das proximidades que vinham reclamando do grande volume de trânsito, que tem provocado trincas e rachaduras em vários imóveis da região, além de uma reivindicação antiga do vereador Alacir Raysel, a Divisão de Trânsito da Prefeitura da Estância Turística de São Roque, está promovendo alterações no trevo do Jardim Villaça.

Os motoristas que utilizam o antigo trecho da Raposo Tavares em direção a São Roque terão que passar pelo lado direito do trevo.

Com isso, quem for no sentido do bairro de Gabriel Piza e Rua Durval Villaça, utilizará uma nova entrada, não mais tendo que fazer o retorno em frente a churrascaria.

Com a medida o trânsito na Av. São Luiz em frente à Escola Estadual Germani Negrini vai diminuir, proporcionando mais segurança aos estudantes.

O ponto de ônibus que ficava no local foi transferido para a pista sentido São Paulo da antiga rodovia Raposo Tavares ao lado da passarela.

Nos próximos dias a Av. São Luiz em frente a churrascaria passará a ter mão dupla de direção, fazendo com que os motoristas não mais acessem a rua Santo Antônio para entrar na antiga rodovia Raposo Tavares.

Agentes da Divisão de Trânsito estarão orientando os motoristas que trafegam naquela região.

Prefeitura realiza ações de limpeza no Trevo do Taboão e outros bairros


Dentro da programação de limpeza de canteiros, praças e parques e outros espaços públicos, o Departamento de Obras da Prefeitura da Estância Turística de São Roque, está trabalhando esta semana no rio Guaçu, Trevo do Taboão (Villaça), Brasital, Av. Bernardino de Lucca e o terreno acima da rodoviária, proporcionando um novo visual e facilitando a vida de pessoas que utilizam esses locais.

Outros pontos da cidade também receberam ações do Departamento de Obras na área de limpeza na semana passada. A ação no Distrito de Maylasky e na Estrada do Vinho estão em processo de finalização e, ainda, serão atendidos os parque e praças da cidade, além de outros bairros.

Os serviços nestas regiões deverão estar concluídos até o início da próxima semana.

Chefe da UPD/São Roque lança dois livros sobre agricultura orgânica


Nesta semana a Assessoria de Imprensa da Prefeitura da Estância Turística de São Roque, entrevistou o Engenheiro Agrônomo e Pesquisador Científico, Sebastião Wilson Tivelli. Chefe da Unidade de Pesquisa e Desenvolvimento em Agricultura Ecológica (Antiga Estação Experimental de São Roque), é autor de vários trabalhos na área e acaba de lançar mais dois livros intitulados: “Como Produzir Milho Orgânico” e “Como Produzir Morango Orgânico”, que inclusive usa pesquisas realizadas na cidade e que ajudaram na elaboração destes trabalhos que estão à disposição dos produtores orgânicos.


Acompanhe abaixo a entrevista
AI – Primeiramente, por que o interesse pela agricultura orgânica?
Sebastião Tivelli – A Unidade de Pesquisa e Desenvolvimento em Agroecológica de São Roque é uma referência em agricultura orgânica para o estado de São Paulo. Em função disso a unidade vem realizando treinamentos com os técnicos voltados para a assistência técnica e extensão rural no estado e estes técnicos demandam uma apostila, um livro ou informações técnicas mais referenciadas para que possam executar o seu trabalho.

AI – O senhor vê a agricultura orgânica como o futuro deste segmento?
Sebastião Tivelli – Eu diria que este é um caminho sem volta. A agricultura orgânica vem crescendo ano a ano e os números do Ministério da Agricultura mostra isso claramente para o estado de São Paulo, nós tínhamos em junho do ano passado 1716 produtores cadastrados no Ministério, e esse número vem crescendo na ordem de dois dígitos por ano, desde 2014, e isso vem fazendo com que essa unidade seja demandada para atender os 645 municípios do estado.

AI – O senhor já tem 5 obras publicadas sobre o assunto, qual a importância de São Roque para o desenvolvimento da agricultura orgânica e qual a influência da cidade nestes dois trabalhos ora publicados?
Sebastião Tivelli – Os trabalhos feitos aqui em São Roque desde 1994, as pesquisas que aqui foram desenvolvidas, foram utilizadas como base do conhecimento para produzir este material. A unidade aqui é voltada especificamente para pesquisas com hortaliças e com banana, isso deu origem ao primeiro material produzido em 2015 com relação a tomates e com as demandas das culturas como milho, morango, goiabas e batatas a gente também desenvolve aqui, nós fomos buscar dentro da Secretaria da Agricultura colegas que trabalham com esses segmentos de plantios, mas não necessariamente com orgânicos e nós fizemos adaptações com os trabalhos aqui desenvolvidos para esses produtos.

AI – E essas obras são de grande utilidade para aqueles que querem se iniciar no cultivo orgânico?
Sebastião Tivelli – Sim. Esses materiais são a referência, tanto para o produtor que trabalha com agricultura orgânica, quanto para os técnicos que orientam os sistemas produtivos orgânicos.

AI – O senhor gostaria de fazer mais alguma colocação?
Sebastião Tivelli – Eu acho importante destacar que esse trabalho é uma parceria com a Sociedade Nacional de Agricultura do Rio de Janeiro e foi através do Centro de Inteligência Orgânica da SNA que foi possível fazer isso em parceria com o Sebrae. Eu destaco que o material “Como Produzir Milho Orgânico”, agregou um parceiro bastante importante que é a Nestlé, porque a empresa está com um projeto muito grande para a região de São Carlos e Itirapina, montando uma nova unidade beneficiamento de produtos lácteos voltado para atender o público que quer alimento orgânico e eles estão buscando formar os agricultores com a pecuária leiteira para ter a matéria prima e para isso eles precisam de milho orgânico, então esse material sobre oassunto foi inteiramente patrocinado pela Nestlé para chegar aos agricultores.